Categoria: Invisível Particular


Uma felicidade tamanha (ou ser feliz não é para momentos nobres)


Os dias estão densos. O calor se tornou abafamento, o cansaço acumulado dos 10 meses e meio arrasta os 45 dias que vem pela frente, notícias ruins parecem oxigênio: mesmo invisíveis, você tem certeza que estão ali e que, em algum lugar do mundo, uma grande desgraça está prestes a...

Dia dos Namorados: comemore apenas se estiver inteiro


Não é a quantidade de corações de TNT nas vitrines, nem as cafonas e inaceitáveis sacadas sexistas da propaganda, nem os anúncios no Facebook de restaurantes buscando reservas. O que nos lembra que é Dia dos Namorados no próximo domingo é a auto-avaliação de quem está num relacionamento e quer...

Estou planejando uma fuga


Estou planejando uma fuga. Quero juntar meia dúzia de roupas, um cartão de crédito com limite muito acima do que eu posso pagar e todas as minhas frustrações e sair. Não sei bem pra onde, mas tenho certeza que não me faltariam opções. Estou em Santa Catarina, afinal, e praias...

Eu aceito as flores


Lembro que, quando eu era bem pequena, no Dia Internacional da Mulher, meu pai sempre chegava em casa com flores. Do buquê para a minha mãe, sempre restava uma solitária que acabava na minha mão. E eu sempre achei aquilo lindo. (mais…)

Por que corremos tanto?


Estamos com pressa. O tempo todo. Engolimos sem mastigar, vamos de carro pra academia porque é mais rápido, ouvimos música só dirigindo. O abraço nunca durou tão pouco – está mais para um cumprimento de amigos adolescentes que se jogam um no peito do outro e logo desgrudam. É difícil...

10 anos de jornalismo: ciranda e montanha-russa


No dia 13 de março, completo 10 anos trabalhando com jornalismo. Do primeiro dia de mãos trêmulas e medo de errar as informações do lead (estrutura básica de um primeiro parágrafo noticioso) até o empreendedorismo e todas as suas conseqüências. São 10 anos de amor e ódio, arrependimento e orgulho...

Nunca vi a Portela ganhar, mas no meu peito ela sempre venceu


Eu estava numa feijoada com samba que, numa cidade como a minha, onde boa parte dos moradores desdenha carnaval como se não estivesse no Brasil, era quase como um oásis. Fazia calor e eu sambava até derreter brincando com os músicos que já faziam parte do meu ciclo de amigos...

Eu te amo não é bom dia. Mas será um tesouro ultrasecreto?


Dizer "eu te amo" é mais ou menos como declarar que come cereal. Quando você é criança, é normal e você esbanja. Depois, na adolescência, quando pensa em dizer que ama a melhor-amiga-há-uma-semana bate uma vergonha descomunal e soletrar as três palavrinhas para o namorado se torna um pesadelo: você...

Pedido de ano novo


Sim, estamos em outubro. O clima de Natal está chegando, mas parece cedo pra chamar de ano novo. Não pra mim, que comemoro aniversário esta semana. Nunca entendi porque o ano novo não pode ser de cada um, no dia em que muda de idade. O ano-calendário é muito prático,...

Um texto sobre nós


É domingo e você está na sala assistindo a um filme de três horas enquanto eu fico aqui, quietinha, ouvindo o disco novo do Tom Zé. Sempre achamos engraçado como isso, para os nossos amigos, soa esquisito. No fundo somos mesmo difíceis de compreender à primeira vista e sabemos que...

Quem eu gostaria de ser


Acho que foi Maria Ribeiro, numa edição das muitas atrasadas do Saia Justa que vejo no celular deitada no sofá, que disse um termo como “alter-eu”. Um pouco depois, assisti a um Papo de Segunda em que Adriana Falcão falava sobre se sentir uma fraude. Eu deveria ter assistido isso...

Faltam dois dias pros cinco dias


Na sexta-feira, pela primeira vez desde que o mundo é mundo e o iPhone mudou a minha vida pra pior (no melhor sentido), vou desligar o celular por dias. Cinco, mais precisamente. Quando agendei a viagem parecia que faltava uma vida e meia. Mas os meses foram se atropelando e,...