O que vale é a intenção (e pode retribuir, boba!)


“Aquele job já andou?”. “Ainda não. Hoje vou ficar até mais tarde para entregar”. Um olhar tão profundo que faz com que sem precisar de enlace prévio algum, você se sinta nua em pêlo. E a pergunta poderia ser qualquer outra. Até “será que chove hoje” pode ser sinônimo de cheiros imperceptíveis de caça e caçador sendo exalados no elevador panorâmico do prédio corporativo.

O que vale é sempre a intenção. Do flerte, da indireta, da tensão sexual dividida em meio a um dia cheio de problemas. Às vezes de evoluir o toque do aperto de mão. Às vezes só de brincar de trocar referências culturais com alguém que só vemos de terno e gravata e perceber que somos todos humanos – e por isso cheios de anseios, desejos e loucuras.

Pode ser um toque sutil no antebraço que é pra sentir a pele do outro arrepiar nas nossas mãos e ter certeza: as más intenções estão no ar e são recíprocas.

Não é paixão, não é amor, não é vontade de casar e morar numa cerca branca com flores na janela e cachorros na varanda. É só o instinto, esse danado, que nunca nos trai, mas está sempre disposto a nos enganar. É o encanto pelo talento, pela lábia, pelo corte da camisa, pela cara de arrogante, pelo gosto musical.

Num dia de tédio, de cabelo ruim, de resultados medíocres (todo mundo têm, você não é um ET), não há nada mais empolgante do que encontrar com alguém que te faz sentir a mulher-maravilha. Por que, então, que nós não podemos fazer o mesmo? Um olhar diferente pode ser libertador – pra quê fingir que não sentiu o perfume amadeirado só porque o pecado-trabalha-na-sala-ao-lado? – e pode fazer do dia de alguém melhor.

Porque no fim das contas o que todo mundo quer é se sentir interessante. Mas pra isso, vale primeiro se mostrar interessado.

E se um mal entendido acontecer, é fácil: é só dizer que não foi a intenção. Porque no fundo todo mundo sabe que foi, mas é sempre melhor quando a gente confessa isso sem precisar falar.

Outros textos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *